Notícia | IBSP

IBSP assina curadoria de conteúdo de pós-graduação focada na segurança do paciente

Curso promovido pela Famesp é voltado aos profissionais de enfermagem, tem duração de nove meses e está com inscrições abertas

Desde a publicação do relatório internacional Errar é Humano, em 1999, o setor de saúde abriu debates muito mais aprofundados sobre a necessidade da criação de uma cultura de segurança a fim de proteger os pacientes de falhas e erros inerentes ao sistema. Parte dessa cultura precisa ser fomentada ainda na formação profissional, e esse cenário vem melhorando com o passar dos anos e a inclusão de disciplinas dedicadas a essa temática no currículo dos cursos tanto técnicos como universitários. Porém, ainda há uma demanda não atendida nesse setor, principalmente para suprir as necessidades de conhecimento daqueles que já concluíram sua formação base.

Visando sanar parte dessa lacuna, o Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP) se uniu à Faculdade Método de São Paulo (Famesp) para a promoção do curso de pós-graduação lato sensu EAD Gestão de Enfermagem com Ênfase em Qualidade e Cuidado Seguro. Voltado a profissionais graduados em enfermagem, o curso está com inscrições abertas e as aulas terão início em 10 de setembro.

“Essa é a primeira vez que o IBSP chancela o conteúdo de um curso de extensão. Nos reunimos com a Famesp e criamos uma grade curricular cujos princípios norteadores são o cuidado centrado no paciente, a assistência ministrada com segurança aos usuários dos serviços e a aplicação das competências profissionais nos diversos âmbitos da saúde”, comenta Karina Pires, diretora de operações do IBSP, e responsável pela coordenação do curso ao lado de Flavia Sinhor, gerente da área de educação do Instituto.

Motivada com o lançamento, Karina reforça que essa pós-graduação está totalmente embasada nos fundamentos éticos e legais que regem a profissão de enfermagem, nas doutrinas de gestão e administração em saúde, nas boas práticas de qualidade, nas normas de segurança e no comportamento humanitário dos profissionais diante dos cuidados oferecidos ao paciente e sua família.

“Estamos animados com a oferta desse curso que promete sanar uma demanda desse grupo de profissionais e tranquilos com a organização, já que a Famesp está há mais de 30 anos no ramo da educação, é uma instituição reconhecida e referência no mercado, tendo, inclusive, nota de excelência no MEC”, complementa Flavia.

Plano pedagógico e corpo docente

O curso de pós-graduação lato sensu EAD Gestão de Enfermagem com Ênfase em Qualidade e Cuidado Seguro está focado em proporcionar a qualificação necessária para que os enfermeiros desempenhem suas funções cotidianas no contexto global da segurança do paciente.

“A formação desses especialistas visa oferecer subsídios para a prática gerencial do enfermeiro que atua nos variados campos de trabalho tanto no serviço público quanto no privado. Reconhecemos os perfis desses trabalhadores, a complexidade assistencial de suas atuações e, inclusive, o fato de que muitas vezes eles estão expostos a fragilidades e vulnerabilidades que interferem nos resultados. Para isso, também desenvolvemos disciplinas que envolvem o relacionamento dos enfermeiros com a equipe multiprofissional”, explica Karina.

Com duração de nove meses (360 horas divididas em três módulos de oito unidades cada um), o curso será ministrado por três renomados professores do mercado: Josiane Godoy Parra, enfermeira, especialista em gerenciamento de serviços de saúde e enfermagem pela Unifesp; Osnir Simonatto, engenheiro mecânico especialista em ciência da melhoria pelo Institute for Healthcare Improvement (IHI); e Liliane B. Feldman, enfermeira, doutora em ciências pela Unifesp, especialista em administração hospitalar e em mediação e conciliação para resolução de conflitos.

O primeiro módulo tratará dos fundamentos da gestão em saúde e das questões introdutórias da gestão do serviço de enfermagem; o segundo abordará prioritariamente a apropriação dos elementos, requisitos e gestão da melhoria da qualidade e segurança nos ambientes assistenciais; e o terceiro fechará o curso trazendo conhecimentos sobre a avaliação do sistema de gestão e consolidação das competências e performance do enfermeiro.

“Entendemos que os alunos terão de dedicar cerca de 10 horas semanais para leitura, estudo e desenvolvimento das atividades individuais e coletivas no ambiente virtual de aprendizagem”, reforça Flavia que aproveita para enfatizar que o momento é propício para a realização de cursos no formato EAD. “As estratégias e as ferramentas foram aprimoradas para atender a grande demanda de alunos dentro dessa modalidade. Isso sem falar nas vantagens do ensino virtual como, por exemplo, a melhor gestão do tempo com autonomia do aluno, que pode realizar as aulas nos dias e horários escolhidos de forma que não interfira nas suas demais atividades do cotidiano. Para profissionais da saúde com escalas diferenciadas e que muitas vezes atuam em organizações distintas, esse é um facilitador”, relata.

Matrículas abertas

As matrículas para o curso de pós-graduação lato sensu EAD Gestão de Enfermagem com Ênfase em Qualidade e Cuidado Seguro já estão abertas no portal da Famesp (clique AQUI para acessar). As aulas terão início em 10 de setembro.

Sobre o IBSP

O Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP) foi fundado em 2001 e tem, como motivação principal, melhorar a segurança do paciente. Para isso, atua com a produção de conteúdo relevante, sempre baseado em evidências científicas, e distribuído em múltiplos formatos e plataformas. Fortalece, também, a educação continuada garantindo que tanto profissionais quanto organizações de saúde estejam atualizados a respeito dos mais recentes protocolos e diretrizes que fundamentam a cultura da qualidade e da segurança. Entre os valores do IBSP estão a transdisciplinaridade e a democratização do conhecimento.

Leia também